• Home
  • Blog
  • O que é outsourcing internacional e como a sua empresa pode se beneficiar disso?

O que é outsourcing internacional e como a sua empresa pode se beneficiar disso?

O que é outsourcing internacional e como a sua empresa pode se beneficiar disso?

Se você ainda não sabe o que é outsourcing, talvez esteja perdendo uma grande oportunidade de reduzir custos e ainda otimizar a qualidade dos produtos e serviços ofertados pela sua empresa.

Exemplo disso são grandes negócios, como Apple e IBM, que já adotaram essa tática para dar mais competitividade aos seus produtos. No entanto, você não precisa ser nenhum gigante para conseguir se beneficiar do outsourcing internacional.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, veja agora o que é outsourcing e como a sua empresa também pode embarcar nessa tendência! Acompanhe a leitura!

O que é outsourcing internacional?

O termo outsourcing internacional pode ser traduzido como terceirização. No entanto, quando falamos em terceirização, a prática mais comum que vem à nossa mente é a de contratação de pessoal de outra empresa para trabalhar nas suas instalações.

No Brasil, por exemplo, é muito comum a terceirização de serviços de limpeza, portaria ou segurança. Em contrapartida, o outsourcing internacional corresponde a um sentido mais amplo de terceirização.

Nesse sentido, ele se refere à delegação de tarefas para outras empresas, sendo que essas atividades são realizadas nas instalações das próprias companhias contratadas e, obviamente, em um país diferente da contratante.

É o caso de muitas empresas que terceirizam o setor de atendimento ao cliente para grupos de tecnologia em determinados locais, como Índia ou Cingapura, o que também pode ser verificado em sociedades, como Apple ou Nike, que terceirizam a maior parte das suas produções para fábricas na Indonésia, na China, entre outros países.

Qual a diferença entre as palavras terceirização e outsourcing?

A terceirização é utilizada para atividades básicas ao andamento de qualquer empresa, mas que não precisam ser administradas por ela, estando a cargo de outra organização contratada para o serviço. 

Já o outsourcing é uma palavra em inglês em que “out” significa “fora”, e “source” significa “fonte”, ou seja, o termo apresenta uma fonte que está do lado externo. É uma prática de adquirir mão de obra de fora da organização.

Portanto, essas palavras não são sinônimas. Quando falamos de outsourcing, estamos falando de contratar especialistas de um setor no qual a empresa carece de conhecimento. Dessa forma, a organização desenvolverá uma estratégia para potencializar seus resultados nos setores em que a equipe não tem experiência e nem habilidade.

Quais as mudanças que a ferramenta outsourcing proporciona para uma empresa?

Por outro lado, o outsourcing trabalha em áreas específicas de uma empresa, como setor de vendas, finanças, TI, entre outras. A terceirização abrange serviços que uma organização contrata para a execução de atividades do dia a dia, como limpeza, transporte, refeição e segurança, ou seja, serviços que não fazem parte central do negócio.

Essa ferramenta favorece o processo de recrutamento, haja vista que assegura uma visão estratégica e distinta em relação aos serviços atuais no mercado de trabalho. Além do mais, os profissionais de uma organização geralmente estão habituados com os problemas que aparecem e acabam não vendo oportunidades de inovação para seus negócios. Então, o outsourcing pode ser a solução para os impasses estratégicos de uma gestão organizacional.

São duas as principais mudanças a serem notadas dentro da empresa. Uma é o aumento de produtividade, já que, por meio de metodologias eficientes e modernas, podemos examinar todo o processo, identificando o gargalo e, assim, otimizando as atividades. Já a outra mudança é a redução de custos operacionais, pelo fato de a empresa não ter que arcar com os encargos trabalhistas, dificultando a manipulação de recursos de uma gestão.

Quais são os benefícios do outsourcing?

Quem opta pelo outsourcing internacional, geralmente, busca um método de produzir mais gastando menos. Afinal, a mão de obra nesses locais costuma ser mais barata, resultando em um custo de produção mais baixo.

Com a concorrência acirrada no mercado, é natural que as empresas se esforcem mais para oferecer produtos de maior qualidade e implementar melhorias nas operações. Dessa forma, a terceirização pode alavancar as economias locais e dar oportunidades de crescimento para países antes praticamente desconhecidos no mercado mundial.

Então, muitos são os benefícios que uma empresa pode adquirir na implantação dessa prática. Abaixo, listamos algumas vantagens que a terceirização inteligente é capaz de oferecer para a sua organização:

  • melhoria na gestão de processos e na qualidade do serviço;
  • otimização de recursos buscando maior índice de lucratividade;
  • redução de custos operacionais, garantindo maior controle e melhor orçamento;
  • maior disponibilidade de tempo para trabalhar na satisfação de seus clientes;
  • aprimoramento do sistema de custeio;
  • viabilização da redução de custos no recrutamento de pessoal especializado ou na instalação de equipamentos e mecanismos necessários;
  • aumento da competitividade;
  • aumento da sua eficiência e da produção;
  • maior controle na execução dos serviços e das operações;
  • geração de desenvolvimento econômico.

Diante de todos os benefícios apresentados, podemos perceber que a terceirização de áreas estratégicas aumenta a oportunidade de um crescimento sustentável, já que restam recursos para serem aplicados em melhorias.

Como colocar em prática?

O outsourcing demanda um pouco mais de cautela do que as operações tradicionais de importação e exportação. Isso porque a empresa contratada geralmente vai produzir itens ou prestar serviços em nome da sua marca.

Isso significa que você deve sempre buscar fornecedores confiáveis, que cumpram o contrato e que realmente tenham capacidade produtiva e tecnológica para atender aos seus requisitos de qualidade. Você também deve estar atento para o cumprimento de regras, assim como às leis locais e internacionais.

Como implementar o outsourcing internacional?

Para implementar quaisquer projetos de outsourcing em uma empresa, é necessário dedicar tempo ao planejamento estratégico das operações. Essa etapa inicial é indispensável para o sucesso dessa ação. No entanto, é muito importante conhecer a fundo seu próprio negócio para identificar os setores que necessitam ser delegados.

O primeiro passo é definir os pontos fortes e fracos da sua empresa, ou seja, definir as áreas que sua equipe domina e nas quais tem um amplo conhecimento. Depois, deve-se levantar as áreas que a empresa tem dificuldade de gerir.

Após esse estudo, entra a escolha da área a ser terceirizada, então, lembre-se de que a estratégia é terceirizar aquelas em que você tem menos conhecimento.

Assim, planeje a transição e esteja atento às atividades da empresa contratada. Sempre acompanhe o seu trabalho para averiguar se as metas estão sendo alcançadas e se os serviços estão sendo executados conforme o acordado. Em alguns casos, existe um acordo de nível de serviço, mais conhecido com SLA. Se você assinou esse termo, não deixe de certificar se os combinados especificados nesse documento estão sendo cumpridos.

É válido lembrar que, para a prática do outsourcing, mesmo aparentando ser a medida uma solução estratégica eficiente, a organização deve estudar com devida atenção para não causar nenhum tipo de dano ao negócio. Tenha em mente que, para fazer tudo isso, é aconselhável contar com uma assessoria especializada e experiente em pesquisar e recrutar fornecedores internacionais.

Agora que você já sabe o que é outsourcing, está pensando em adotar essa estratégia? Para saber mais sobre o assunto, baixe agora mesmo nosso e-book sobre como iniciar o processo de internacionalização da sua empresa e fique por dentro de tudo.

Avenida Princesa Isabel, 574, bloco A, sala 208
Centro, Vitória, Espírito Santo, Brasil, CEP.: 29010-360

+55 (27) 3233-0023
+55 (27) 9 9978-7208
portual@portual.com.br