• Home
  • Blog
  • O que levar em consideração no processo de negociação internacional?

O que levar em consideração no processo de negociação internacional?

O que levar em consideração no processo de negociação internacional?

Qualquer processo de negociação, por si só, já exige preparo e conhecimento das partes envolvidas. Vendedores e compradores frequentemente se estudam para chegar a um acordo que satisfaça a ambas as partes. Quando se trata de uma negociação internacional, então, esse preparo deve ser redobrado.

Alguns fatores podem ser decisivos para o fechamento ou a perda de um grande negócio. O comércio exterior é uma arte que pode ser praticada e aprendida.

Ficou curioso? Quer saber o que levar em consideração em uma negociação internacional? Então, confira estas dicas que preparamos para você!

Diferenças culturais

Você, provavelmente, já negociou com parceiros de outros estados brasileiros e percebeu alguma diferença cultural, certo? Se até mesmo dentro do nosso país as diferenças culturais são visíveis, quando lidamos com estrangeiros elas são ainda mais determinantes no processo de negociação.

Sempre que entrar em um novo mercado, estude os hábitos de negociação mais comuns por ali. Por exemplo, em alguns lugares é comum que se peçam descontos ou ofereçam jantares e presentes em meio à negociação. Em outros, essas atitudes seriam consideradas ofensivas.

Por isso, é sempre bom pesquisar bastante e, de preferência, contar com a assessoria de alguém que já realizou negociações naquele país.

Planejamento e logística para a negociação internacional

Se você pretende levar os seus produtos para o exterior ou trazer produtos de lá para o Brasil deverá incorporar o hábito do planejamento à rotina da sua empresa. Principalmente no que diz respeito à logística, o planejamento é essencial.

Para certificar-se de cumprir os prazos, tenha em mente os possíveis meios de transporte e o tempo que cada um leva. Considere também os custos desses transportes, bem como dos seguros, impostos, entre outros. Calcule bem as despesas para não ter surpresas desagradáveis com o preço final.

Outro fator a ser levado em conta no planejamento é o câmbio, já que, muitas vezes, a negociação é feita em dólares ou outra moeda estrangeira.

Ao fechar um contrato para pagamentos ou recebimentos futuros, observe as tendências de valorização ou desvalorização do real. É claro que ninguém consegue prever o movimento exato do mercado de câmbio, mas ficar de olho nas tendências é sempre importante.

Conhecimento sobre o parceiro de negócio

Adquirir o máximo de informações sobre a empresa com a qual você pretende negociar também é sempre uma boa ideia. Estude a empresa, o mercado e a cultura organizacional dela. Tente responder a perguntas como:

  • qual o faturamento anual da companhia?;
  • quantos funcionários ela possui?;
  • quais são os valores dessa empresa?;
  • quem são os donos, acionistas, diretores e gestores do negócio?;
  • qual o posicionamento dessa empresa no seu mercado local, ela está entre os líderes do país em que atua?;
  • quem são os profissionais com quem você vai negociar?

Fazendo isso, você poderá adaptar as suas táticas de negociação ao perfil da empresa e terá mais chances de sucesso.

Fatores legais e tributários

Por fim, não podemos esquecer de mencionar que os fatores legais e tributários também precisam ser considerados. Muitas vezes, existem acordos ou embargos internacionais que podem facilitar ou impedir a compra e a venda de produtos.

Além disso, cada país tem liberdade para tributar os produtos estrangeiros como quiser. Portanto, observe sempre quais são os impostos a serem pagos e quais processos burocráticos terão que ser enfrentados para garantir a consolidação da compra ou da venda.

Para entender mais sobre as particularidades de cada país, conte sempre com o apoio de uma equipe especializada em comércio exterior. A experiência desses profissionais vai garantir que os seus produtos sejam entregues no prazo, cumprindo todas as obrigações legais.

Portanto, conduzir uma negociação internacional exige atenção aos aspectos culturais, tributários e legais de cada país. Com planejamento e preparação, é possível tirar proveito do comércio exterior e extrair excelentes resultados.

E aí, gostou das dicas? Aproveite para entender ainda mais sobre o assunto lendo o nosso artigo sobre as melhores práticas de relacionamento com fornecedores estrangeiros!

Avenida Princesa Isabel, 574, bloco A, sala 208
Centro, Vitória, Espírito Santo, Brasil, CEP.: 29010-360

+55 (27) 3233-0023
+55 (27) 9 9978-7208
portual@portual.com.br