• Home
  • Blog
  • Afinal, como funciona a importação brasileira? Entenda aqui!

Afinal, como funciona a importação brasileira? Entenda aqui!

Afinal, como funciona a importação brasileira? Entenda aqui!

A importação é uma excelente escolha para as organizações que visam estender sua cartela de mercadorias e produtos. Para muitos empresários e gestores, no entanto, expandir os negócios não é uma questão muito fácil de concretizar, principalmente quando se trata da importação brasileira.

Muitas dúvidas surgem no momento de realizar o processo de importação. Sendo assim, a probabilidade de o procedimento não acontecer de forma correta é muito grande. Então é preciso fazer análises estratégicas e constatar a viabilidade do serviço para a obtenção de bons resultados.

Se você quer saber um pouco sobre como funciona a importação brasileira, basta continuar com a leitura!

A complexidade do processo de importação

A complexidade do processo gera um alto índice de contestações e, em muitas das vezes, a desaceleração pode influenciar na debilitação, prejudicando os operadores que atuam nesse segmento. Os principais problemas que ocorrem nesse âmbito são:

  • burocracia — complica o entendimento integral do fluxo até a finalização eficaz do processo;
  • falta de mão de obra qualificada — reflete na eficiência das transações e na produtividade da organização;
  • taxa de câmbio — dificulta a prática de importação;
  • alta tributação — afeta a saúde financeira das empresas importadoras e acaba travando a expansão do segmento;
  • infra estrutura portuária — faz com que o processo seja mais lento, arriscado e dispendioso.
Guia completo para calcular impostos na importação - 01Powered by Rock Convert

Principais etapas do processo de importação

Veja quais são as três etapas principais no processo de importação de que você deve ficar por dentro para evitar possíveis transtornos.

Habilitar a empresa no Radar/Siscomex

Para que você possa operar no Siscomex é preciso obter a habilitação no Radar — Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros —, exigida e emitida pela Receita Federal. Qualquer pessoa física ou jurídica que pretende realizar importações e exportações no Brasil deve adquirir essa habilitação.

O objetivo do Radar é reunir os dados de todos os membros do comércio exterior, como exportadores e importadores, para fazer a fiscalização e monitoramento da conduta e limite de atuação.

Identificar e negociar com os fornecedores

Contar com fornecedores reconhecidos no mercado, que ofertem produtos de alta qualidade com preços competitivos e que tenha o conhecimento do processo de importação e exportação, é fundamental para uma transação internacional de sucesso. Desse modo, é de extrema relevância realizar análises antes de fechar negócio com qualquer fornecedor.

Além do mais, também é preciso ajustar prazos, valores, entregas e formas de pagamento, como em toda negociação comercial. Outro fator relevante é solicitar amostras aos fornecedores para que você possa avaliar a qualidade dos produtos antes de finalizar um acordo.

Obter a licença de importação

Existem produtos e mercadorias para os quais é exigida a Licença de Importação (LI) que, por sua vez, está sujeita a aprovação dos órgãos governamentais. Então, depois que foi feito a averbação do licenciamento perante SISCOMEX, o respectivo órgão analisará a requisição podendo outorgar o pedido ou não.

Mas é necessário averiguar se o produto a ser importado deve ser licenciado ou não. Se for preciso, você deverá consultar o Simulador de Tratamento Administrativo de Importação. Caso contrário, os importadores deverão fornecer o registro da Declaração de Importação (DI).

Contudo a importação brasileira requer um maior empenho nas atividades de planejamento e gerenciamento. Por ser um processo bem complexo, mas ao mesmo tempo rentável e interessante para muitos empresários, uma alternativa é terceirizar esse serviço. As organizações que atuam nesse âmbito têm expertise em exportação e importação, podendo proporcionar uma melhor e completa assessoria nas questões tributárias, jurídicas, contábeis e aduaneiras, evitando devidos transtornos para seu negócio.

Gostou do nosso post sobre como funciona a importação brasileira? Então aproveite para ficar por dentro do assunto e saiba quais são os cuidados necessários que você deve ter ao contratar uma consultoria de comércio exterior!

Guia completo para calcular impostos na importação - 02Powered by Rock Convert

Avenida Princesa Isabel, 574, bloco A, sala 208
Centro, Vitória, Espírito Santo, Brasil, CEP.: 29010-360

+55 (27) 3233-0023
+55 (27) 9 9978-7208
portual@portual.com.br