• Home
  • Blog
  • Fique por dentro: entenda o que é o certificado digital e para que serve

Fique por dentro: entenda o que é o certificado digital e para que serve

Fique por dentro: entenda o que é o certificado digital e para que serve

Compreender o que é certificado digital é fundamental para todos os gestores. Afinal, ele está relacionado à segurança das transações virtuais da empresa, além de ser uma obrigatoriedade para toda organização que emite notas fiscais eletrônicas.

Além disso, buscar meios de proteger todas as informações da sua empresa, assim como aumentar a credibilidade do negócio, é imprescindível para quem busca melhorar o posicionamento no mercado e expandir a atuação.

O que é certificado digital?

Basicamente ele funciona como uma carteira de identidade, mas virtual. O certificado digital trata-se de uma assinatura eletrônica usada para confirmar a autenticidade de dados e documentos em transações online.

Todas as organizações obrigadas a emitir nota fiscal eletrônica (NF-e) e também aquelas inscritas nos regimes tributários de lucro real ou presumido são obrigadas a obter o certificado digital.

Por outro lado, é facultativo às empresas inscritas no Simples Nacional ter o certificado digital, visto que elas não são obrigadas a emitir nota fiscal eletrônica.

Qual é a importância do certificado digital?

Em termos de segurança digital, o Brasil ainda é muito precário, fato que faz com que o certificado digital ganhe ainda mais relevância.

De acordo com o relatório anual Norton Cyber Security Insights de 2016, o país foi o quarto mais visado pelas ações de hackers. Calcula-se que, no mundo, houve um prejuízo de aproximadamente US$10 bilhões por conta disso.

Hoje em dia todo mundo se preocupa com a proteção de dados online, cuidados que são exponencialmente redobrados quando se trata de transações empresariais devido ao alto sigilo das informações, dos valores movimentados e da diretibilidade da organização.

Quais são os tipos e como emitir um certificado digital?

Há dois tipos de certificados digitais, um voltado às pessoas físicas (e-CPF) e outro destinado às pessoas jurídicas, conhecido como e-CNPJ. Esse, por sua vez, permite assinar digitalmente todas as operações da empresa de forma segura.

Por estar vinculado à Receita Federal, deve ser emitido somente por um representante legalmente cadastrado nesse órgão. Há cerca de 9 autoridades devidamente habilitadas para emitir esse serviço. São eles:

  • Serviço de Processamento de Dados (Serpro);
  • Certisign;
  • Serasa;
  • Imprensa Oficial do Estado de São Paulo;
  • Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge);
  • Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Acfenacon);
  • Sindicato dos Corretores de Seguros, Empresas Corretoras de Seguros, de Saúde, de Vida, de Capitalização e Previdência Privada no Estado de São Paulo (Sincor);
  • Notarial;
  • Autoridade Certificadora Brasileira de Registros.

Quanto custa um certificado digital?

Outra dúvida de quem procura entender o que é certificado digital é quanto aos tipos e valores. Nesse quesito, há duas variações do certificado digital para o gestor escolher qual é melhor para a sua empresa: o modelo válido por um ano (A1) e o válido por três anos (A3). Ambos apresentam formatos variados, como pen drive, token, cartão ou até mesmo a instalação no próprio computador.

Em relação aos custos, os modelos mais simples podem variar em torno de R$ 100, já os mais complexos e com validade de três anos podem custar em torno de R$ 500.

Agora que você já entendeu tudo sobre o que é certificado digital, não se esqueça de assinar a nossa newsletter e receber em primeira mão os conteúdos mais relevantes para o seu negócio!

Avenida Princesa Isabel, 574, bloco A, sala 208
Centro, Vitória, Espírito Santo, Brasil, CEP.: 29010-360

+55 (27) 3233-0023
+55 (27) 9 9978-7208
portual@portual.com.br