• Home
  • Blog
  • Entenda o que é gestão multicultural e como desenvolvê-la

Entenda o que é gestão multicultural e como desenvolvê-la

Entenda o que é gestão multicultural e como desenvolvê-la

O mundo globalizado tem como principal característica o encurtamento das distâncias. Nesse cenário, é cada vez mais comum encontrar diversidade de origens entre os colaboradores de uma empresa.

Em meio a esse processo de internacionalização, é fundamental que os gestores estejam atentos para o conceito de gestão multicultural.

O que é gestão multicultural?

Adotar uma gestão multicultural significa encarar as diferentes formas de se expressar e entender o mundo como uma característica intrínseca de um espaço globalizado, e não como um obstáculo que precisa ser removido da sua equipe.

Assim, é necessário que você e os seus colaboradores estejam dispostos a abrir a mente para novas ideias e levá-las a sério, livrando-se de preconceitos e de pressupostos que se baseiam apenas na tradição.

Educando a sua equipe com esses valores, você perceberá grande progresso no relacionamento dos colaboradores entre si, com os clientes e com os fornecedores estrangeiros.

Como utilizá-la na sua empresa?

Trouxemos três propostas para auxiliá-lo a implantar uma gestão multicultural na sua empresa:

1. Livre-se de estereótipos

Toda tentativa de reduzir a identidade do outro a uma caricatura é burra e violenta. Burra porque você deixa de aproveitar a complexidade do seu colega, uma vez que o toma por previsível, e não enxerga o que ele tem a trazer de novo para o espaço de trabalho. Violenta porque você tolhe o modo de se expressar do seu colaborador ao tratá-lo como uma espécie de piada.

Nem todo brasileiro samba, joga futebol e come feijoada, e mesmo que você faça essas três coisas, com certeza não gostaria de ser reduzido a isso.

2. Leve os seus colaboradores para fora

Apoie os seus colaboradores na busca de MBAs e outros cursos de especialização fora do Brasil. Nesses espaços, eles terão a oportunidade de aprender como as empresas e os gestores de outros lugares encaram seus problemas, além de proporcionar uma experiência riquíssima com outra cultura.

É provável até que eles retornem com uma networking interessante para a empresa, cheia de novos colaboradores ou mesmo clientes no exterior.

3. Valorize as experiências do outro

Permita que os seus colaboradores estrangeiros tenham tanta voz nos espaços de decisão que os colegas de mesma função e incentive a sua equipe a levar a sério as suas contribuições.

Isso não significa dar atenção especial aos colegas estrangeiros ou agir com condescendência, dando visibilidade a qualquer ideia, mesmo que não seja boa. Significa pensar duas vezes antes de descartar alguma contribuição só por ela ser diferente.

Antes de rejeitar uma ideia, pergunte-se: eu acho que essa ideia é ruim porque consigo detectar grandes falhas nela ou apenas porque ela é diferente do que estamos a acostumados a fazer?

Vale lembrar que, mesmo a diversidade geográfica tendo grande impacto na multiculturalidade de uma empresa, essa não é a única diversidade que precisa de atenção.

Tente contemplar também, com essa mudança de valores, outras identidades que costumam ser excluídas, independentemente de estarem longe de casa, como as mulheres, os negros, as pessoas LGBT e os portadores de necessidades especiais.

Esperamos que o post de hoje o tenha ajudado a entender melhor o conceito de gestão multicultural. Caso precise de mais esclarecimentos sobre o conceito, deixe a sua pergunta nos comentários abaixo.

Avenida Princesa Isabel, 574, bloco A, sala 208
Centro, Vitória, Espírito Santo, Brasil, CEP.: 29010-360

+55 (27) 3233-0023
+55 (27) 9 9978-7208
portual@portual.com.br