• Home
  • Blog
  • Veja os 9 documentos para exportação que não podem faltar!

Veja os 9 documentos para exportação que não podem faltar!

Veja os 9 documentos para exportação que não podem faltar!

Exportar pode ser mais fácil e vantajoso do que você imagina. Muita gente pensa que o processo de obter os documentos para exportação é extremamente burocrático e impossível de ser realizado por pequenas e médias empresas.

A verdade é que, com planejamento e organização, exportar pode ser muito vantajoso. Para ajudá-lo a entender mais sobre o processo, trazemos hoje uma lista de 9 documentos para exportação que podem ser necessários. Confira!

1. Fatura Proforma

É um dos primeiros documentos para exportação a serem emitidos. Ela é feita pelo exportador e deve ser enviada ao comprador em inglês ou na língua do país de destino. A Fatura Proforma contém todas as informações da venda tais como quantidade, preço, condições, prazos, embalagem etc.

Dependendo da modalidade de pagamento escolhida, a Fatura Proforma pode ser utilizada para obtenção de uma carta de crédito.

2. Registro de Exportação

O Registro de Exportação (RE) é um dos documentos para exportação mais importantes em todo o processo. Ele é cadastrado no Radar Siscomex pelo exportador ou pelo seu representante legal.

O RE contém todas as informações de natureza comercial, fiscal, financeira e cambial da operação. Esse documento será a base de todas as autorizações e anuências dos órgãos fiscalizadores da exportação.

3. Declaração de Exportação

A Declaração de Exportação (DE) é obtida depois do RE também por meio do Siscomex. Esse documento é utilizado no despacho de exportação e precisa ter pelo menos um RE vinculado a ele.

4. Nota Fiscal

A nota fiscal é emitida após a aprovação do Registro de Exportação e deve acompanhar a mercadoria apenas no trecho interno da operação. Ou seja, a nota fiscal é usada desde a saída da empresa exportadora até a liberação do produto pela Receita Federal.

5. Fatura comercial

A fatura comercial, também chamada pelo seu nome em inglês Commercial Invoice, é o documento para exportação que equivale à nota fiscal, mas é válido no trecho internacional da operação. Ao desembarcar no local de destino, o comprador só conseguirá desembaraçar a mercadoria se a fatura comercial estiver em ordem.

6. Romaneio ou Packing List

É uma lista com informações detalhadas de todos os volumes embarcados e os seus conteúdos. O romaneio deve ser emitido pelo exportador e é usado para orientação das autoridades tanto no país de exportação quanto no país de importação, assim como para orientação do próprio comprador.

7. Conhecimento de embarque

É um documento de exportação emitido pela empresa transportadora. Ele serve como um atestado de que a carga foi entregue e está em poder da transportadora, além de detalhar as condições e prazos de transporte. O conhecimento de embarque é emitido de acordo com o modal de transporte — marítimo, aéreo, rodoviário ou ferroviário.

8. Certificado de origem

É emitido pelo exportador para que o importador consiga comprovar a origem da mercadoria. O certificado de origem é especialmente relevante quando existem acordos comerciais entre os países, como no caso de venda para os países-membros do Mercosul.

9. Contrato de câmbio

É um contrato firmado entre a empresa que está comprando moeda estrangeira e a instituição financeira onde a transação está sendo realizada. O contrato de câmbio estabelece as condições e características da negociação em moeda estrangeira.

Apesar de parecer uma lista grande, obter os documentos para exportação pode ficar mais fácil se a sua empresa contar com apoio e assessoria especializada. Não desperdice a chance de fazer a sua empresa crescer: aposte nas exportações!

Para ver mais conteúdos sobre importação e exportação, curta as nossas páginas no Facebook e no LinkedIn para não perder as atualizações!

Avenida Princesa Isabel, 574, bloco A, sala 208
Centro, Vitória, Espírito Santo, Brasil, CEP.: 29010-360

+55 (27) 3233-0023
+55 (27) 9 9978-7208
portual@portual.com.br